« Voltar
SEBASTIÃO DA GAMA

 

1924 - 1952

 

 

 

Sebastião da Gama  nasceu  em  Vila Nogueira da Azeitão/Setúbal, em 1924 e morreu muito  jovem, em Lisboa, no ano de 1952.
 
Poeta e pedagogo. Licenciado em Filologia Românica pela Faculdade de Letras da Universidade Clássica de Lisboa, exerceu funções docentes em alguns estabelecimentos de ensino técnico, o último dos quais a Escola Industrial e Comercial de Estremoz. 
 
Poeta, ele é, como Frei Agostinho da Cruz, o cantor da Arrábida, a Serra-Mãe, como lhe chama. O Diário, publicado postumamente e que relata a sua experiência como professor estagiário na Escola Veiga Beirão, em Lisboa, é um documento fortemente revelador da personalidade humana e literária de Sebastião da Gama e constitui, ainda hoje, do ponto de vista pedagógico, um excelente modelo para todos os candidatos à docência. 
 
Da sua obra, disse Hernâni Cidade, seu professor na Faculdade de Letras, que ela «é de poeta pela graça de Deus, ser em amoroso, fraternal convívio com as almas e com as coisas, fazendo da vida um permanente anseio de comunicação simpática, de alegre dádiva.» 
 
Em 2008 recebeu, a título póstumo, o título de Cidadão Honorário e a Medalha de Ouro da Cidade de Setúbal. 
 
Centro de Documentação de Autores Portugueses 
09/2008 

 

« Voltar