« Voltar
FERNANDO ESQUIO

 

[Finais do séc. XIII — 2.ª metade do séc. XIV]

 

 

Jogral e soldado, natural de Compostela, crê-se que terá sido um dos derradeiros trovadores galego-portugueses. Autor de escabrosas cantigas contra frades e abadessas, mas também de líricas composições paralelísticas no género das de D. Dinis, como a célebre «Vaiamos, irmana, vaiamos dormir», está representado em todos os Cancioneiros, também com o nome de Fernando Esqueo.

Cancioneiro Português da Biblioteca Vaticana, Lisboa, 1878; Cancioneiro da Ajuda, Halle, 1904; Cancioneiro da Biblioteca Nacional, Coimbra, 1949; Antologia da Poesia Trovadoresca Galego Portuguesa, Lello & Irmão, 1977.

 

in Dicionário Cronológico de Autores Portugueses
« Voltar