« Voltar

BIBLIOGRAFIA ACTIVA

 

A sua obra poética é constituída por um volume de Romances (1596), pela trilogia pastoral - A Primavera (1601), O Pastor Peregrino (1608) e O Desenganado (1614) -. O Condestabre de Portugal, poema heróico, celebrando os feitos de Nuno Álvares Pereira (1610), Jornada que D. Filipe III hizo a Portugal, em verso castelhano (1623), e Éclogas (1605).

Em prosa publicou a Corte na Aldeia e Noites de Inverno (1619),

« Voltar