« Voltar

Manifesto anti-Dantas e por extenso (Manifesto), 1915; 2000

Litoral (Poema), 1915

Manifesto à exposição de Amadeo de Souza-Cardoso (Manifesto), 1916

A engomadeira (Novela), 1917; 1993

K4, o quadrado azul (Poesia e Prosa), 1917; 2000

Ultimatum futurista às gerações portuguesas do século XX (Manifesto), 1917; 2000

O jardim de Pierrette (Teatro), 1918

A invenção do dia claro (Conferência), 1921; 1993

A cena do ódio (Poema), 1923; 1958

Pierrot e Arlequim (Teatro), 1924

«A Questão dos Painéis, História do Acaso de uma Importante Descoberta e do seu Autor» (Polémica), 1926

Direcção única (Conferência), 1932

Sudoeste : SW : Cadernos de Almada Negreiros (Diversos), 1935; 1982

Nome de guerra (Novela), 1938; 2004

Desenhos animados realidade imaginada, 1938

Mito: Alegoria: Símbolo: Monólogo Audodidacta na Oficina de Pintura, 1948

A chave diz: faltam duas tábuas e meia no todo da obra de Nuno Gonçalves, 1950

Antes de começar (Teatro), 1956; 1984

Deseja-se mulher (Teatro), 1959

Orpheu: 1915/1965 (Ensaio e Biografia), 1965

Obras Completas, na Editorial Estampa, 1970; 1972

Ver, notas e pref. de Lima de Freitas (Antologia de textos de imprensa), 1982

Obras Completas, na Imprensa Nacional Casa da Moeda, 1985; 1993

Todo Almada (Antologia), 1994

Obra Completa, volume único, edição brasileira, 1997

Obra Literária de José de Almada Negreiros, Assírio & Alvim, 2000 ; 2002

« Voltar