Bailemos já nós todas três, ai amigas,
so aquestas avelaneiras frolidas,
e quem for velida como nós velidas,
       se amigo amar,
so aquestas avelaneiras frolidas
       verrá bailar.


bailemos já nós todas três, ai irmanas,
so aqueste ramo destas avelanas,
e quem for louçana como nós louçanas,  
       se amigo amar,
so aqueste ramo destas avelanas,
       verrá bailar.


Por Deus, ai amigas, mentr’al nom fazemos,
so aqueste ramo frolido bailemos,
e quem bem parecer como nós parecemos,
      se amigo amar,
so aqueste ramo so l’ que nós bailemos,
      verrá bailar

 

Airas Nunez de Santiago
« Voltar