Ai quem me dera no tempo
Em que o amar era um bem!
Ai, o amor de meu pai,
Os beijos de minha mãe!

In Quadras , Assírio & Alvim, ed. Luisa Freire, 2002
Fernando Pessoa
« Voltar