Em vão procuro o bem que me negaram.
As flores dos jardins dadas aos outros
Como hão-de mais que perfumar de longe
      Meu desejo de tê-las?
12 - 5 - 1921

In Poesia 1902-1917 , Assírio & Alvim, ed. Manuela Parreira da Silva, Ana Maria Freitas, Madalena Dine, 2005
Fernando Pessoa
« Voltar