Hoje no posso ver ningum:
sofro pela Humanidade.
No por ti.
Nem por ti.
Nem por ti.
Nem por ningum.
por algum.
Algum que no ningum
mas que toda a humanidade.

 


In Movimento Perptuo
António Gedeão
Voltar