Um espelho me parece, do sol ou da lua,
o teu rosto quando longamente acariciado.

 


In Poemas e Fragmentos de Safo
Eugénio de Andrade
Voltar