Vós mi defendestes, senhor,
que nunca vos disse ren
de quanto mal mi por vós ven,
mais fazede-me sabedor,
por Deus, senhor, a quen direi
quan muito mal lev’e levei
por vós, se non a vós, senhor?


Ou a quem direi o meu mal,
se o eu a vós non disser?
Pois calar-me non m’é mester
e dizer-vo-lo non m’er val.
E, pois tanto mal sofr’assi,
se com vosco non falar i,
por quem saberedes meu mal?


Ou a quen direi o pesar
que mi vós fazedes sofrer,
se o a vós non for dizer,
que podedes conselh’i dar?
E, por en, se Deus vos perdon,
coita d’este meu coraçon,
a quen direi o meu pesar?

 

Dom Dinis
« Voltar