Quem quiser ver d' Amor ũa excelncia
onde sua fineza mais se apura,
atente onde me pe minha ventura,
por ter de minha f experincia.

Onde lembranas mata a longa ausncia,
em temeroso mar, em guerra dura,
ali a saudade est segura,
quando mor risco corre a pacincia.

Mas ponha-me Fortuna e o duro Fado
em nojo, morte, dano e perdio,
ou em sublime e prspera ventura;

ponha-me, enfim, em baixo ou alto estado;
que at na dura morte me acharo
na lngua o nome, n'alma a vista pura.

Luís Vaz de Camões
[QUEM QUISER VER D' AMOR ũA EXCELÊNCIA]
Voltar