Colhe
todo o oiro do dia
na haste mais alta
da melancolia.

In Ostinato Rigore
Eugénio de Andrade
DESPEDIDA
Voltar