s tu a Primavera que eu esperava,
A vida multiplicada e brilhante,
Em que pleno e perfeito cada instante.
Sophia de Mello Breyner Andresen
Voltar