Se em mi, Alma, vive mais lembrana
que aquela s da glria de querer-vos,
eu perca todo o bem que logro em ver-vos,
e de ver-vos tambm toda a esperana.

Veja-se em mi to rstica esquivana
que possa indino ser de conhecer-vos;
e, quando em mor empenho de aprazer-vos,
vos ofenda, se em mi houver mudana.

Confirmado estou j nesta certeza;
examine-me vossa crueldade,
exprimente-se em mi vossa dureza.

Conhecei j de mi tanta verdade,
pois, em penhor e f desta pureza,
tributo vos fiz ser o que vontade.

Luís Vaz de Camões
[SE EM MI Ó ALMA VIVE MAIS LEMBRANÇA]
Voltar