Não sei se a alma no Além vive...
Morreste! e eu quero morrer!
Se vive, ver-te-ei; se não,
Só assim te posso esquecer


[Quadras 1907 - 1908]


1907 - 1908

In Poesia do Eu , Círculo de Leitores, edição de Richard Zenith, 2006
Fernando Pessoa
« Voltar