(todos os caminhos á vão dar... 
                                                     POVO) 


Os caminhos que eu fiz saltei-lhes fora... 
E agora 
(se bem que eu continue a ser um homem, 
se bem que Deus não deixe de ser Deus) 
pise lá os caminhos que pisar, 
só de os pisar 
todos esses caminhos são os meus... 


In ITINERÁRIO PARALELO , Ática, 1986
Sebastião da Gama
« Voltar