Eu vou por este sol além
e ele é quotidiano até ao fim
como se até hoje ninguém
tivesse   no  sol  e   fora do   sol   também
morrido a morte por mim

In Aquele Grande Rio Eufrates
Ruy Belo
O PERCURSO DIáRIO
« Voltar