MOTE

De vs quererdes meu mal
me vem pod-lo sofrer.

GLOSA

De tantas penas cercado,
gozo de um bem que j tive;
que o que me menos pesado
ponderar que ainda vive
um amor to mal pagado.
A causa deste tormento,
sem vs, me fora mortal;
daqui vem que, em dano tal,
s tenho o contentamento
de vs quererdes meu mal.

De vs quererdes meu mal
vem o querer esta vida;
porque a dor de tal ferida
posto que em si mortal,
fica assim menos sentida.
Eu tenho a dor desta pena
que me vs fazeis querer;
E posto que me condena,
de ver que se me ordena
me vem pod-la sofrer.

 

Luís Vaz de Camões
[DE VÓS QUERERDES MEU MAL]
Voltar