Disseste-me quase rindo:
«Conheço-te muito bem!»
Dito por quem me não quer,
Tem muita graça, não tem?

 


In Quadras , Assírio & Alvim, ed. Luisa Freire, 2002
Fernando Pessoa
« Voltar