Ponho na altiva mente o fixo esforço
        Da altura, e à sorte deixo,
        E as suas leis, o verso;

Que, quanto é alto e régio o pensamento,
        Súbita a frase o busca
        E o scravo ritmo o serve. 

 


In Poesia , Assírio & Alvim, ed. Manuela Parreira da Silva, 2000
Ricardo Reis
« Voltar