E o rei disse, «Memora estes dois lemas:
Tem fé, não sonho. O sonho é um abrigo
Que não um ‘scudo. Nem, receando, temas,
Que o medo é a mor parte do perigo.
Pesam em ti as, que aceitaste, algemas,
Mais que as impostas. Não há qu’rer antigo.
Ousa, vendo. Abdica — antes que abdiques,
Sabe ficar, se força é que fiques.»
23 - 1 - 1925

In Poesia 1918-1930 , Assírio & Alvim, ed. Manuela Parreira da Silva, Ana Maria Freitas, Madalena Dine, 2005
Fernando Pessoa
« Voltar