Na expressão clara e ao sol das velas pandas
Por sobre o vulto negro dos navios
Pairam sonhos, e as largas ondas brandas
Sorriem-lhes azuis reflexos frios.

In Poesia 1931-1935 e não datada , Assírio & Alvim, ed. Manuela Parreira da Silva, Ana Maria Freitas, Madalena Dine, 2006
Fernando Pessoa
« Voltar