Esses cabelos louros e escolhidos,
que o ser ao claro sol esto tirando;
esse ar to peregrino, em que cuidando
esto continuamente meus sentidos;

esses furtados olhos to fingidos
que minha morte e vida esto causando;
essa fermosa graa que, em falando,
finge meus pensamentos no ser cridos;

esse compasso certo, essa medida
que faz dobrar no corpo a gentileza,
essa beldade em terra to subida,

amostre piedade, e no crueza;
que so laos que Amor tece na vida,
em mim de sofrimento, e em vs dureza.

Luís Vaz de Camões
[ESSES CABELOS LOUROS E ESCOLHIDOS]
Voltar