Não tem a ver com esperança ou desespero


Tem a ver com presença
Contemplação profunda
À beira da inocência


Londres, 15 de Março 99
Alberto de Lacerda
« Voltar