«DEUS, SOBERBA, INFINITO» em grão berreiro Gritava um, «Morte, Força, Ideia» São distrações do real saber precalço! Tudo isto é igualmente verdadeiro! Sim, porque tudo é igualmente falso.
15 - 11 - 1907

In Poesia 1902-1917 , Assírio & Alvim, ed. Manuela Parreira da Silva, Ana Maria Freitas, Madalena Dine, 2005
Fernando Pessoa
« Voltar