Me, as flores adormecem
Quando se pe o Sol!

Filha, para as adormecer
Canta o rouxinol...

Me, as flores acordam
Quando nasce o dia!

Filha, para as acordar
Canta a cotovia...

Me, gostava tanto de ser flor!
Filha, eu ento seria uma ave...


In O LIVRO DA TILA - CANTIGAS PEQUENINAS , Atlntida Editora, 1973
Matilde Rosa Araújo
Voltar