Senhora j dest' alma, perdoai
de um vencido de Amor os desatinos;
e sejam vossos olhos to beninos
com este puro amor, que d'alma sai.

A minha pura f somente olhai,
e vede meus extremos se so finos;
e se de algũa pena forem dinos,
em mim, Senhora minha, vos vingai.

No seja a dor, que abrasa o triste peito,
causa por onde pene o corao,
que tanto em firme amor vos sujeito.

Guardai-vos do que alguns, Dama, diro;
que, sendo raro em tudo vosso objeito,
possa morar em vs ingratido.

Luís Vaz de Camões
[SENHORA JÁ DEST' ALMA PERDOAI]
Voltar