No momento em que vamos pelos prados
E o nosso amor é um terceiro ali,
      Que usurpa que saibamos
      Um ao certo do outro,

Nesse momento, em que o que vemos mesmo
Sem o vermos na própria essência entra
      Da nossa alma comum —
      Lídia, nesse momento

De tão sentir o amor não sei dizer-to,
Antes, se falo, só dos prados falo
      E em dueto comigo
      Discurso o amor.

7 - 7 - 1919

In Poesia , Assírio & Alvim, ed. Manuela Parreira da Silva, 2000
Ricardo Reis
[[NO MOMENTO EM QUE VAMOS PELOS PRADOS]]
« Voltar