Na padaria lá de baixo
Vendem broas a dez réis
Vendem broas a dez réis
Quem é reles lá as compra.

No restaurante cá em cima
Vendem broas a vintém
Vendem broas a vintém
Quem se preza de ser fino
Não as compra lá em baixo
Cá a cima comprar vem

E o padeiro lá de baixo
É quem fornece a dez réis
É quem fornece a dez réis
As broas que cá de cima
A vintém saem p’ra fora
P’ra quem quer ser como os réis

E o padeiro lá de baixo
É quem as broas fornece
É quem as broas fornece
Ao restaurante cá de cima
Onde quem quer ser fino
A comprar as broas vem.

Quem se preza de ser fino
Tem a escada de subir
Tem a escada de subir
E mais dez réis que pague
Que pague para ser fino
É para levar a rir.


In Poesia 1931-1935 e não datada , Assírio & Alvim, ed. Manuela Parreira da Silva, Ana Maria Freitas, Madalena Dine, 2006
Fernando Pessoa
« Voltar