A laranja que escolheste 
Não era a melhor que havia. 
Também o amor que me deste 
Qualquer outra mo daria. 


1934-1935

In Poesia do Eu , Círculo de Leitores, edição de Richard Zenith, 2006
Fernando Pessoa
« Voltar