Nada me dizem vossos deuses mortos
Que eu haja de aprender. O crucifixo
      Sem amor e sem ódio
      Do meu □ aparto.

Que tenho eu com as crenças que o Cristo
Curvado o torso a mim, latino, morra?
      Mais com o sol me entendo
      Que com essas verdades...

Que o sejam... Deus a mim não só foi dado
Que uma visão das coisas que há na terra
      E uma razão incerta,
      E um saber que há deuses...


In Poesia , Assírio & Alvim, ed. Manuela Parreira da Silva, 2000
Ricardo Reis
[[NADA ME DIZEM VOSSOS DEUSES MORTOS]]
« Voltar