No caibo nesta tarde que me desfolhas
sobre o corao. Renovam-se-me sob os passos
todos os caminhos e o dia uma pgina que lida
e   soletrada   descubro   inatingvel   como   o   vento   a   rua e a vida
As mesmas mes que antes desfraldavam
domesticas insgnias abaixo dos beirais
emprestam novos pssaros  s rvores
Ptala a ptala chego corola desta minha hora
Roubo o meu ser a qualquer outro tempo
no h cm mim memria de alguma morte
em nenhum outro lugar me edifiquei
Arredondas  minha volta  os  lbios para me  dizer
recuo de repente quele princpio que em tua boca tive
Eu sei que s tu sabes o meu nome
tentar sab-lo foi afinal o nico
esforo importante da minha vida
Sinto-me olhado e no tenho mais ser
que ser visto por ti. H no meu ombro lugar
para o teu cansao e a minha altura para ser medida
palmo a palmo pela tua mo ferida

 


In Aquele Grande Rio Eufrates
Ruy Belo
COMPOSIçãO DE LUGAR
Voltar