Cristãos, pagãos, maometanos, □
A qual de vós &rá o Mistério a vontade? 
A incerteza do que é a morte é o que nos vale na vida. 
O desconhecimento do que é a morte é o sentido da vida. 
O desconhecermos a morte é que faz a beleza da vida. 

Quem sabe o valor exacto de uma vida? 
Sei que há uma vida, e que apagam essa vida —  não sei é quem apaga 
Mas sei que de cada vida que passa há um universo em mim. 



□ espaço deixado em branco pelo autor.

In Poesia , Assírio & Alvim, ed. Teresa Rita Lopes, 2002
Álvaro de Campos
« Voltar