Não encontraste a rua
Não encontraste a casa
Não encontraste a mesa
No café que alguém
Por engano indicou


Mas a cidade é esta
E não outra


Não encontraste o rosto


O anel caiu
Ninguém sabe aonde

 

 


Londres, 29 de Agosto 98

In Horizonte
Alberto de Lacerda
« Voltar