Ũa admirvel erva se conhece
que vai ao Sol seguindo, de hora em hora,
logo que ele do Eufrates se v fora,
e, quando est mais alto, ento florece.

Mas, quando ao Oceano o carro dece,
toda a sua beleza perde Flora,
porque ela se emurchece e se descora;
tanto coa luz ausente se entristece!

Meu Sol, quando alegrais esta alma vossa,
mostrando-lhe esse rostro que d vida,
cria flores em seu contentamento.

Mas logo em no vos vendo, entristecida,
se murcha e se consume em gro tormento.
Nem h quem vossa ausncia sofrer possa.

Luís Vaz de Camões
[ŦA ADMIRÁVEL ERVA SE CONHECE]
Voltar