Pelas tuas mãos medi o mundo 
E na balança pura dos teus ombros 
Pesei o ouro do Sol e a palidez da Lua.

In No Tempo Dividido
Sophia de Mello Breyner Andresen
« Voltar