Coimbra, 5 de Outubro de 1963.


Aqui, neste país e nesta hora.
Aqui, junto dos meus,
Mortos e vivos.
Aqui, de pés atados,
Livre como os balões cativos,
Que pairam, ancorados.


In Diário X
Miguel Torga
« Voltar