Por vezes, no meio da vida, subitamente
Surge uma mudança como uma aberração,
Um senso de vazio, enorme e diferente,
E uma vaga e profunda desolação.

Uma sensação de ser deixado só
E mais que abandono é o seu sentido
(...)
É uma sensação de quase ter morrido.

Morto e consciente, é estranho dizer.
Uma vertigem da própria razão,
Uma agonia vaga e definida
De algo sufocado em aflição.

 

1907

In Poesia , Assírio & Alvim , edição e tradução de Luisa Freire, 1999
Alexander Search
« Voltar