Ó tempo, tu que nos trazes
Tudo o que na vida vem,
Por que não vens a matar
Quem já nem saudades tem?


[Quadras 1907 - 1908]


1907 - 1908

In Poesia do Eu , Círculo de Leitores, edição de Richard Zenith, 2006
Fernando Pessoa
« Voltar