Apolo e as nove Musas, discantando
com a dourada lira, me influam
na suave harmonia que faziam,
quando tomei a pena, comeando:

«Ditoso seja o dia e hora, quando
to delicados olhos me feriam!
Ditosos os sentidos que sentiam
estar-se em seu desejo traspassando»...

Assi cantava, quando Amor virou
a roda esperana, que corrria
to ligeira que quase era invisvel.

Converteu-se-me em noite o claro dia;
e, se algũa esperana me ficou,
ser de maior mal, se for possvel.
 

Luís Vaz de Camões
[APOLO E AS NOVE MUSAS DISCANTANDO]
Voltar