Dizia o Guerra Junqueiro
Em versos de um grande adeus
Verbalmente derradeiro
Aos homens e aos mitos seus:

«Declaro-me aposentado.
Acabei. Ponto final.
Restam-me o céu estrelado
E as rosas do meu quintal»

Ah, é o vero misticismo!
(E é mentira, por sinal.)
Muitas vezes nele cismo.
Não tenho, porém, quintal.

24 - 5 - 1932

In Poesia 1931-1935 e não datada , Assírio & Alvim, ed. Manuela Parreira da Silva, Ana Maria Freitas, Madalena Dine, 2006
Fernando Pessoa
« Voltar