Longe
Hei-de acabar por me sentir longe
Longe de tudo


Hei-de pertencer cada vez mais
Ao horizonte


Hei-de ficar ao longe


Barco
Conscientemente afastado
De si próprio

 


Londres, 14 de Agosto 97

In Horizonte
Alberto de Lacerda
« Voltar