Deixa passar o vento
Sem lhe perguntar nada.
Seu sentido é apenas
Ser o vento que passa...

Consegui que esta hora
Sacrificasse ao Olimpo.
E escrevi estes versos
Pra que os deuses voltassem.

12 - 9 - 1916

In Poesia , Assírio & Alvim, ed. Manuela Parreira da Silva, 2000
Ricardo Reis
[[DEIXA PASSAR O VENTO]]
« Voltar