Foi-se do dogmatismo a dura lei E o criticismo não foi mais feliz. «Nada sei» o Agnóstico enfim diz... Eu menos, pois nem sei se nada sei.
15 - 11 - 1907

In Poesia 1902-1917 , Assírio & Alvim, ed. Manuela Parreira da Silva, Ana Maria Freitas, Madalena Dine, 2005
Fernando Pessoa
« Voltar