Maravilhosa paz
Da lua no céu denso!
Cismo, esqueço que penso.
 
Que afago me desfaz?
Que mole esquecimento
Me disfarça um momento?

Alguma brisa o traz?
No meu longo serão
Voz no meu coração.

9 - 11 - 1924

In Poesia 1918-1930 , Assírio & Alvim, ed. Manuela Parreira da Silva, Ana Maria Freitas, Madalena Dine, 2005
Fernando Pessoa
« Voltar