Onde é que os mortos dormem? Dorme alguém 
Neste universo atomicamente falso? 


In Poesia , Assírio & Alvim, ed. Teresa Rita Lopes, 2002
Álvaro de Campos
« Voltar