Um vulto cuja forma desconsola
Pelo muito que mostra o pouco siso,
E que pela pobreza do juízo
Mil trastes esquisitos desenrola:

           Chapéu que bem carrega um mariola,
E que ainda aos sisudos causa riso,
Casaquinha cortada de improviso,
Fivela que lhe vem de sola a sola:

           Espantalho que em praça nunca falta,
Sem ter ocupação, nem má, nem boa,
Que apenas moça vê logo lhe salta:

           Eis aqui, sem medir qualquer pessoa,
Breve quadro de um mísero peralta,
Que afecta de maltês cá em Lisboa.

 

Nicolau Tolentino
« Voltar