Quinze mil dias seços são passados,
Quinze mil ocasiões que se perderam,
Quinze mil sóis inÚteis que nasceram,
Hora a hora contados
Neste solene, mas grotesco gesto
De dar corda a relógios inventados
Para buscar, nos anos que esqueceram,
A paciência de ir vivendo o resto.

In Os Poemas Possíveis
José Saramago
« Voltar