Foi ao Manique um homem acusado
Por contrabandos ter; ele ciente
Chama a quadrilha, corre diligente,
Entra, busca e não acha o malsinado.

           Acha a mulher, que tinha por toucado
A torre de Belém: ela que o sente,
Banhada em pranto, desmaiada a frente,
Prostra por terra o corpo delicado.

           C’o boléu se esbandalha a mata espessa.
Saem dela esguiões, cassas lavradas,
E de belbute trinta e uma peça,

           Fivelas, espadins, rendas bordadas:
Até tinha escondido na cabeça
O marido e três arcas encoiradas

 

 

Nicolau Tolentino
AOS TOUCADOS ALTOS
« Voltar