Se algũa hora essa vista mais suave
acaso a mim volveis, em um momento
me sinto com um tal contentamento
que no temo que dano algum me agrave.

Mas, quando com desdm esquivo e grave,
o belo rosto me mostrais isento,
ũa dor provo tal, um tal tormento
que muito vem a ser que no me acabe.

Assi est minha vida ou minha morte
no volver desses olhos, pois podeis
dar, c'uma volta deles, morte ou vida.

Ditoso eu, que o Cu quer (ou minha sorte)
que ou vida, para dar-vo-la, me deis,
ou morte, para haver morte querida.

 

Luís Vaz de Camões
[SE ALGũA HORA ESSA VISTA MAIS SUAVE]
Voltar